Fato Real
Regional

Igrejas terão missas sem presença de fiéis

A prevenção ao coronavírus vem provocando mudança também nos atos religiosos em Lafaiete e região.

O Coordenador do Figurado Bíblico da Matriz de Nossa Senhora da Conceição, jornalista José Carlos Vieira, informou que diante da pandemia do coronavírus e seguindo as orientações da Arquidiocese de Mariana, ficam suspensos temporariamente os ensaios da encenação da Paixão de Cristo na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, bem como todas as atividades relativas ao figurado bíblico. Ainda não há uma definição se a encenação na Sexta-Feira da Paixão acontecerá ou não. O ato reúne uma grande multidão.

A Matriz de São Sebastião fez uma serie de modificações em seu cotidiano. Ficam suspensas até o dia 31 de março, todas as celebrações de missas com presença de fieis. A partir de hoje, a igreja será aberta às 8h e o Santíssimo Sacramento será exposto para adoração individual e silenciosa dos fiéis durante o dia. A adoração seguirá até às 18h, quando então se dará a benção do Santíssimo Sacramento. A Igreja será fechada, e às 19h30 o pároco vai celebrar uma Missa sem a presença do povo. ㅤ

Nos domingos serão celebradas duas missas: às 10h e às 19; também sem a presença de religiosos.

O atendimento do escritório paroquial será apenas pelo telefone 31 3761-2765. Batizados, casamentos e demais atividades estão suspensas. ㅤ

Em redes sociais o padre Daniel Marcos Limas informou que ainda não há definição sobre a programação da Semana santa “Quanto às celebrações da Semana Santa, vamos aguardar as ordens de Dom Airton para saber como iremos proceder. Lembramos também que os mutirões de confissões que estavam programados em nossa cidade nestes dias também estão suspensos. ㅤ Que São Sebastião, protetor contra a peste a fome e a guerra, interceda por nós nessa hora de dificuldade”, disse o religioso.

No Santuário de São Judas Tadeu também não ocorrerão celebrações com presença do público.

A Basílica do Sagrado Coração de Jesus informa que as portas permanecerão abertas aos fiéis para orações individualmente. Porém, pede que se evite cuidadosamente a aglomeração de pessoas. As celebrações estão suspensas em todas as comunidades.

Em todas as paróquias os fiéis estão sendo aconselhados a acompanhar as celebrações eucarísticas através do rádio, televisão e internet.

Congonhas


O Governo Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, se reuniu nesta quarta-feira, 18, com representantes de igrejas católicas e evangélicas de Congonhas para orientar sobre a realização de missas e cultos durante o período de enfrentamento ao coronavírus. Até o dia 31 de março, as celebrações estão suspensas em todas as igrejas católicas e na maioria das igrejas evangélicas.

O pároco da Matriz de Nossa Senhora da Conceição, padre Paulo Barbosa, destacou que a decisão das paróquias segue as medidas previstas pelo Decreto Municipal e as orientações da Arquidiocese de Mariana. Assim, estão suspensas celebrações, novenas, procissões. Casamentos e batizados serão reavaliados, podendo acontecer de forma privada. Na sexta-feira, 20, as paróquias vão discutir a possibilidade de as celebrações serem transmitidas pela Rádio Congonhas.

Em relação à Semana Santa, as instituições católicas aguardam pronunciamento da Arquidiocese de Mariana. “Toda nossa atenção agora é para que essa incidência do vírus não venha com tanta força na nossa cidade. A Igreja também vai trabalhar para ajudar o povo a se conscientizar de que é preciso se cuidar e fazer o isolamento, sobretudo os idosos a partir de 60 anos. É importante que estejamos unidos do ponto de vista da saúde pública e do ponto de vista da espiritualidade”, destacou o padre Paulo Barbosa. Já o Sermão da Montanha, tradicionalmente realizado no Sábado de Aleluia pelas igrejas evangélicas, será cancelado.

Fato Real