Fato Real
Regional

Falta de doses da Pfizer provoca mudança em calendário de vacinação

Cidade ficou desabastecida com imunizante da Pfizer
Cidade ficou desabastecida com imunizante da Pfize

O setor de imunização da Prefeitura de Congonhas informou que, devido à indisponibilidade de doses da vacina da Pfizer, a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid em adolescentes de 12 a 17 anos, que aconteceria  nesta quinta-feira 14/10, está suspensa. A imunização deve ser reagendada de forma presencial nas UBS.

Também estarão suspensas a aplicação da dose de reforço para profissionais de saúde e da segunda dose para população geral que necessite tomar este imunizante.

Um novo lote de imunizantes deverá chegar na tarde de hoje e a vacinação volta a acontecer normalmente na sexta-feira (15). A suspensão de um dia no processo de vacinação acontece devido à alterações no cronograma de entrega das vacinas pela Secretaria Estadual de Saúde.

Adolescentes

Os adolescentes de 12, 13 e 14 anos de idade que tiverem feito o agendamento da imunização para o dia 14/10 deverão, preferencialmente, entrar em contato com a UBS mais próxima e reagendar a aplicação da sua vacina. O mesmo vale para adultos que tenham anotado na carteira de vacinação a data da segunda dose da Pfizer nesta quinta-feira.

Profissionais de Saúde

A revacinação dos trabalhadores da Saúde que exercem suas atividades no município, prevista para os dias 13 e 14 de outubro, vai acontecer na sexta-feira, dia 15, na UPA (entrada administrativa), de 8h às 15h.

No dia 26 de outubro, o setor de Imunização fará repescagem para estes trabalhadores que tenham seis meses da segunda dose da vacina contra a Covid.

Os profissionais devem levar comprovante de vínculo empregatício ou da profissão como trabalhador de saúde, cartão de vacina e documento de identidade com foto. Trata-se apenas de imunização para quem tomou a primeira e segunda doses e que já tenha se passado seis meses da segunda dose.

Fato Real