Fato Real
Gerais Regional

Começa greve na CSN em Congonhas

greve csn
Primeiro dia de paralisação foi de grande adesão,segundo sindicato

Teve início neste domingo 09/09 uma paralisação dos trabalhadores da CSN Mineração em Congonhas. Os trabalhadores recusaram o que a empresa chamou de “proposta final” para o acordo coletivo e aprovaram greve na minas Casa de Pedra e Pires. A informação foi confirmada pelo Sindicato Metabase Inconfidentes.

Em sua rede social o sindicato informa que a greve teve início forte e em seu primeiro dia teve 100% de adesão dos trabalhadores.

As mobilizações em Casa de Pedra e Pires começaram na hora do almoço. “O início foi muito forte, com o engajamento da categoria, máquinas paradas dentro das minas e trabalhadores retornando para casa. A empresa não acreditava nos trabalhadores, foi pega de surpresa com nossa luta e agora deve aprofundar suas práticas de pressão e assédio”, afirma a publicação.

Reivindicações:

– Reajuste de 7,5%
– Cartão alimentação de no mínimo R$550,00;
– Bônus no cartão de no mínimo R$1.500,00;
– Abono de R$ 2.500,00;
– Nenhuma retirada de direitos;
-Defesa da região mineradora;
– Mais investimentos da CSN em Congonhas e na região para gerar mais empregos em outros setores.

A proposta da CSN é de reajuste de 1,8% em salários e benefícios e duas parcelas de bonificação no valor de R$ 220,00 cada uma creditadas no cartão alimentação.

Fonte e fotos: Sindicato Metabase

Fato Real