Fato Real
Política

Vereador eleito diz ter consciência do papel a ser exercido

Pastor Angelino foi eleito om 743 votos
Pastor Angelino foi eleito om 743 votos

Angelino Cláudio Pimenta Neto (32 anos) é um dos sete vereadores que estarão pela primeira vez na Câmara Municipal de Conselheiro Lafaiete a partir do próximo ano. Casado, pai de dois filhos e com ensino médio completo, ele é pastor e vice-presidente da Assembleia de Deus na cidade. O nome que o identificou nas urnas – Pastor Angelino Cláudio – evidencia os laços que estabeleceu com o meio evangélico, de onde veio a maioria dos votos que lhe asseguraram a eleição pelo PP   Partido Progressista Nacional.

A atuação como pastor e o desejo de ingressar na política levaram Angelino a aprimorar, frequentando cursos de capacitação, o dom da oratória que demonstrou na entrevista concedida ao Site de Notícias Fato Real e que foi ao ar nesta manhã de terça-feira 24/11 no Jornal Falado Carijós. Também foi a aptidão para a comunicação que tornou o futuro vereador conhecido do público pelo trabalho de locução que ainda faz no comércio lafaietense atraindo clientes para as lojas que o contratam.

Vereador foi eleito pela primeira vez
Vereador foi eleito pela primeira vez

Pastor Angelino acredita que quem se candidata a um cargo público ou mandato eletivo precisa ter consciência do papel que irá exercer. Vereador pela primeira vez, ele garante estar preparado para assumir a responsabilidade que o aguarda: “Estou consciente da extensão e dos limites da atividade de um vereador. Tenho certeza de que muito pode ser feito se houver insistência, engajamento, criatividade, visão e, sobretudo, sensibilidade. Neste sentido, minha proposta de atuação política não se limita à criação de mais leis para o Município. É preciso lutar para que as leis que já existem sejam executadas em prol da população”.

Angelino também entende que o vereador precisa estar atento às necessidades de toda a população, razão pela qual pretende lutar pela cidade inteira para que todos possam viver dignamente.

Agradecimentos

Por fim, Pastor Angelino agradeceu pelos votos recebidos e reafirmou o compromisso de se manter próximo à comunidade nos quatro anos de mandato: “Agradeço às lideranças religiosas e todas as pessoas que depositaram em nós seu crédito de confiança para que pudéssemos ser eleito em Conselheiro Lafaiete. Acreditamos que poderemos fazer um grande mandato. Penso que a política só pode ser feita com a participação de todos, razão pela qual defendi, ao longo da campanha, que a sociedade precisa participar mais da política. É isso que queremos: que as pessoas estejam juntas conosco para mostrarmos o valor da política. Que Deus abençoe a todos e ilumine nosso propósito!”

 

Fato Real