Fato Real
Destaque Política

Vereador denuncia que foi agredido por colega dentro da Câmara

O vereador de Carandaí, Luiz Antonio Henriques Júnior, o Juninho Henriques (PSD), acusou um companheiro da Casa Legislativa  de agredi-lo física e verbalmente durante intervalo de uma reunião ordinária na manhã desta sexta-feira (19/11). A denúncia foi feita nas redes sociais do parlamentar.

Segundo a nota emitida por Juninho Henriques, as providências cabíveis serão tomadas junto ao Conselho de Ética da Casa Legislativa. Na postagem, o vereador lamentou o ocorrido: “Esta situação me envergonha, enoja, e deixa profundamente triste. É um absurdo ser humilhado em pleno exercício das funções. Repudio veementemente o ocorrido. Lamento muito o ocorrido, e peço a Deus que me dê forças para prosseguir fazendo o meu trabalho. Tenho certeza que Ele é justo, e sabe do que aconteceu”.

Juninho Henriques divulgou nota de repúdio e esclarecimento
Juninho Henriques divulgou nota de repúdio e esclarecimento

Manifestação da Prefeitura

Juninho Henriques, que é líder do governo na Câmara, recebeu durante a tarde o apoio do prefeito de Carandaí. Em nota enviada à imprensa, Washington Luis Gravina, o Vasiquinho (PSD) lamentou o ocorrido e cobrou providências éticas da Casa Legislativa. Leia o posicionamento na íntegra: 

“Tomei conhecimento há pouco, através das redes sociais, de que o Vereador Juninho teria sido agredido por um vereador da oposição de maneira verbal e física no intervalo da reunião ordinária.

Quero manifestar meu irrestrito apoio ao Vereador, que tem prestado um brilhante trabalho na liderança do Governo, debatendo projetos com equilíbrio e ética. 

Repudio veementemente os fatos ocorridos e espero que a Casa Legislativa apure com seriedade a possível quebra de decoro por parte do vereador mencionado nesta situação lamentável e inadmissível na vida pública.”

Washington Luís Gravina Teixeira
Prefeito Municipal de Carandaí

Envolvidos

A nota da Prefeitura não cita o nome do outro vereador envolvido. No entanto, reportagem publicada no site de notícias Carandaí on line,  cita que o debate político entre o líder do prefeito na Câmara e o vereador Felipe Costa rendeu mais um episódio e o caso pode parar no conselho de ética.

De acordo com as informações, após a reunião que aconteceu na manhã de hoje, o vereador Felipe teria procurado o vereador Juninho Henriques nos bastidores da Câmara para conversar, momento em que teria se exaltado e colocado seu dedo no rosto do colega de plenário. Ainda segundo as informações, o vereador teria também dado um tapa no rosto do colega de vereança.

Segundo a publicação, a  equipe do Carandaí on line entrou em contato com o vereador Felipe que por telefone se mostrou indignado com a acusação e classificando-a como falsa; e alegou que em momento algum teria agredido o colega.Segundo o vereador Felipe, ele é tratado de maneira jocosa pelo colega e que teria ganhado apelido que faz menção a um vereador da última administração.

N.R: Matéria atualizadas as 18h45 de 19/11.

Fato Real