Fato Real
Destaque Lafaiete

Prefeitura alega poluição visual e notifica coletivo sobre material com crítica política

O Coletivo Lafamob recebeu uma notificação extrajudicial da Prefeitura de Conselheiro Lafaiete na última semana. O documento foi expedido no dia 02, mas só chegou ao conhecimento do grupo na sexta-feira (09/07).

Desde março, o coletivo produziu artes gráficas e materiais informativos com posicionamentos políticos críticos ao prefeito Mário Marcus (DEM) e ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). No entanto, o Lafamob se defende dizendo que não é responsável por espalhar os “lambe-lambes”: “As pessoas tiveram interesse nas artes que tínhamos feito, imprimiram e colaram por conta própria” diz Enrico Lopes, um dos líderes do coletivo.

A notificação se justifica dizendo que busca preservar o aspecto paisagístico da cidade e diminuir a poluição visual. Com isto, a Prefeitura pede a retirada dos cartazes que foram colocados nos postes da cidade “sem autorização da Prefeitura”. Já Enrico Lopes destaca que nunca observou uma fiscalização efetiva da Prefeitura em relação à poluição visual.

Protesto contra o presidente
Protesto contra o presidente

O documento dá o prazo de até 20 dias após o recebimento da notificação para o cumprimento do que foi estabelecido, sob pena de responsabilidade administrativa e demais sanções previstas. Conforme estabelecido em lei, fica resguardado o poder de ampla defesa e recurso do notificado.

Em vídeo divulgado nas redes sociais na noite desta segunda-feira (12/07), outra líder do Lafamob, Paula Aguiar classificou a ação da Prefeitura como tentativa de intimidação e silenciamento e ressaltou que o coletivo continuará fazendo pressão na política local: “Não iremos nos curvar. A cada dia somos mais fortes e mais conscientes de que só unidos podemos prosperar como cidadãos ativos e como comunidade” aponta.

O Lafamob deve enviar uma contranotificação à Prefeitura nos próximos dias.

Mario Marcus também foi alvo das críticas
Mario Marcus também foi alvo das críticas

LafaMob

O coletivo LafaMob é grupo suprapartidário formado por jovens. Apoiados pelo UNICEF e pela Viração Educomunicação, atuantes desde fevereiro de 2020.

O grupo visa criar espaços colaborativos que conectam pessoas e ideias de impacto social, despertando jovens como agentes de mudança.

Fato Real