Fato Real
Lafaiete

Ato em Lafaiete homenageia vítimas de Covid e critica gestão da pandemia pelo poder público

Um ato chamou atenção de quem passava pelo centro de Conselheiro Lafaiete neste domingo (24/10). “De luto à luta” foi uma ação promovida pelo coletivo Lafamob para homenagear as 284 vítimas fatais da Covid-19 no município e cobrar a responsabilidade de políticos sobre a gestão sanitária durante a pandemia.

Ação aconteceu na escadaria da igreja Nossa Senhora da Conceição
Ação aconteceu na escadaria da igreja Nossa Senhora da Conceição

O ato aconteceu na escadaria da matriz de Nossa Senhora da Conceição. No local, 284 velas acesas simbolizaram cada uma das vítimas fatais da doença causada pelo vírus Sars-CoV-2. A maioria dos manifestantes estava vestida de preto, para simbolizar o luto pelas vidas ceifadas pela Covid.

Integrantes do coletivo Lafamob vestiram preto simbolizando o luto
Integrantes do coletivo Lafamob vestiram preto simbolizando o luto

Uma das lideranças do Lafamob, Enrico Lopes, destaca que além de homenagear os mortos pela doença, a ação também visou reconfortar aqueles que ficaram: “Ficamos em pé, por aproximadamente 30 minutos e, logo na sequência houve uma oração e uma palavra de carinho para as pessoas que estavam ali com suas velas representante algum ente querido que se foi”, destaca.

Ação política

Além da manifestação de respeito, a ação também teve teor político. “Não podemos mais ignorar que pessoas mal intencionadas, genocidas, estão tomando o controle de nosso país e matando nossos amigos e familiares” pontuou Wanderson Martins, outro integrante do Lafamob durante o ato.

Ato também foi marcado pela ação política
Ato também foi marcado pela ação política

Durante o ato, manifestantes exibiram cartazes com críticas às ações do presidente da república Jair Bolsonaro (sem partido) e do prefeito de Conselheiro Lafaiete Mário Marcus (DEM).

Fato Real