Fato Real
Gerais

Período de seca e raio dificultaram o combate ao incêndio na Serra de Ouro Branco

Depois de cinco dias de combate, a operação de controle do incêndio na Serra de Ouro Branco foi encerrada neste domingo (12/09) às 12h.

No sábado os trabalhos começaram às 6h30, horário com temperatura mais amena e com maior umidade no ar, fatores que tornam o combate mais eficaz permitindo a extinção dos principais focos. Porém, o Tenente João Victor, comandante da operação, ressaltou que apesar de ter chovido em Ouro Branco, não choveu na serra. E com o período de seca, durante a desmobilização um raio causou incêndio no lado leste da serra, contrário onde estavam sendo feitos os trabalhos; que foi combatido pelos brigadistas, e concluída com sucesso a supressão total dos focos.

Fogo queimou por cinco dias
Fogo queimou por cinco dias

A operação contou com 43 combatentes em campo, 34 de apoio mais voluntários. Dois aviões e um helicóptero apoiaram com lançamentos de água e transporte de combatentes.

Participaram do combate: bombeiros, Instituto Estadual de Florestas (IEF), Polícia Militar, Prefeitura de Ouro Branco, Defesa Civil, brigada Carcará, brigada SAFE MED, brigada AMDA, Brigada B1, Brigada Fire, Gerdau e diversos voluntários. 

Os combatentes agradeceram à população de Ouro Branco que por meio de doações ajudou na conclusão dos trabalhos.

Fato Real