Fato Real
Gerais

Lama e chuva marcaram competições da Copa de Mountain Bike em Congonhas

A adrenalina tomou conta da Cidade dos Profetas neste final de semana, durante a Copa Internacional de Mountain Bike Levorin (CIMTB Levorin). Debaixo da chuva, os atletas enfrentaram pistas escorregadias e lamacentas, demonstrando força física e psicológica. No sábado, 24, foi realizada a prova de percurso completo. Já no domingo, 25, a maratona de percurso reduzido. A novidade deste ano foi a Copa Internacional de Eliminator, que aconteceu, pela primeira vez, na América Latina. O evento, organizado pela CIMTB, contou com o apoio da Prefeitura e da FUMCULT.

Confira os resultados da competição aqui.

Realizada pela primeira vez na América Latina, a UCI MTB Eliminator World Cup foi emocionante. Foi construída uma curva de madeira de 180° no meio do percurso de 950 m, em torno da Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos. A prova reuniu as categorias Sub 15, Feminina, Sub 17, Expert, Cadete, Master e Qualifying Time Trials (Elite Feminina e Elite Masculina).

Quem ganhou a categoria Elite Masculina foi o holandês Jeroen Van Eck. “Finalizar minha temporada com uma vitória no Brasil é ótimo. A corrida é simplesmente louca! Eu realmente amei. Eu me senti muito relaxado em relação às finais em Congonhas, a galera foi maravilhosa! Eu não poderia estar aqui onde estou hoje sem a ajuda da minha família, treinador e, claro, da minha namorada. Eu acredito que agora é o momento de ter férias merecidas”, contou.

Quem ganhou a categoria Elite Masculina foi o holandês Jeroen Van Eck.

A vencedora da categoria Júnior foi Marcela Lima, que falou sobre a importância de se focar nos objetivos. “Estou muito feliz com a vitória de hoje. Eu acho que a gente tem que ter um objetivo. Eu estava focando nessa prova desde que eu fiquei sabendo que teria uma Copa do Mundo. Então, fiquei super feliz! Montei minha estratégia de acordo com os meus objetivos. Ter atletas de outro país, aumenta o nível da competição, o que faz evoluir os atletas daqui do Brasil”, destacou.

Percurso reduzido

Neste domingo, 25, os atletas começaram a maratona de percurso reduzido da Copa Internacional de Mountain Bike Levorin (categorias Júnior masculino e feminino, Sub17 e Sub15), Copa Sense Bike, Duplas, Ultra, desafio Audax Cyclocross/Gravel e E-Bike. Devido às chuvas, a organização mudou alguns trechos da prova para oferecer mais segurança aos ciclistas. O trajeto, de cerca de 40 km, contemplou diversos pontos, como o Alto Maranhão e Santa Quitéria.

O vencedor da categoria Júnior Masculino, Gustavo Xavier, reforçou que, por conta da chuva, o percurso estava mais duro, principalmente por causa da lama. “Então, dificultou muito o circuito, fora os adversários que são muito fortes. Fiz uma ótima prova, fiquei muito contente com o resultado e espero voltar mais vezes na etapa de Congonhas. Essa foi minha última competição da temporada. Tive um ano excelente, tirando a fratura que tive na clavícula, mas, de resto, foram resultados espetaculares. Termino as quatro etapas da Copa Internacional como líder da competição”, disse.

Percurso completo

No sábado, 24, atletas das categorias Super Elite (masculino e feminino), Sub 30, Sub 35, Sub 40, Sub 45, Sub 50, Sub 55, Sub 60, Over 60, Ultra e Dupla Pró, percorreram um trajeto de 64 km, passando por diversos pontos da cidade, como Plataforma, Santa Quitéria, Pequeri, Alto Maranhão e Joaquim Murtinho. A chegada foi na região do Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos.

A Maratona da CIMTB Levorin exigiu grande esforço dos atletas, que enfrentaram uma pista escorregadia e lamacenta. O primeiro lugar da categoria Elite Feminina ficou com a atleta de Ouro Branco, Letícia Cândido. “Tiveram várias subidas, em que os pneus agarravam lama. Tinham descidas em que o pneu, de tão sujo de barro, não freava. Mais do que força física, nessa prova teve que ter um bom psicológico porque o meu equipamento queria me sabotar o tempo todo. Acho que foi mais um jogo de cabeça, de concentração, de acreditar que ia dar certo, de poupar o equipamento e, graças a Deus, energia toda positiva chegar aqui na última prova do ano com essa vitória. Estou muito contente e extremamente cansada”, contou.

Já na categoria Elite Masculina, o grande vencedor foi Guilherme Miller. O atleta classificou a prova como dolorida e dura, mas, segundo ele, foi gratificante chegar em primeiro lugar. “Eu sofri em alguns pontos para me manter conectado no pelotão e aproveitei para ganhar algum tempo onde eu tinha um pouco de vantagem, que era nas partes técnicas. Consegui tirar a diferença que eu vinha perseguindo na última sessão de trilha e aí foi na raça e na vontade de vencer para conseguir segurar o ritmo até o final”, disse.

Concurso de poema e desenho

Cerca de 40 alunos da rede municipal de ensino se inscreveram no Concurso de Redação e Desenho, que tem o objetivo de incentivar o esporte e o uso da bicicleta entre as crianças. A iniciativa é da CIMTB Levorin, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. Os vencedores e suas professoras foram premiados com uma bicicleta, na tarde deste domingo.

Aluno do 3° ano da Escola Municipal José Antônio da Silva, Rafael Moura Melo venceu na categoria desenho. A professora que acompanhou o trabalho foi Daiane Aparecida Pinto Cardoso. Na redação, quem ganhou foi a aluna do 4° ano da E. M. Senhor Odorico Martinho da Silva, Rayane Lívia de Moraes. A professora que acompanhou o trabalho foi Nair Fátima Almeida Leite.

 

Fato Real