Fato Real
Destaque Gerais

Garotinha de um ano precisa de doadores de sangue para enfrentar doença grave

Júlia tem apenas um ano e precisa de sua ajuda

De tempos em tempos, o Portal de Notícias Fato Real reproduz dramas tocantes de crianças que, nem bem começam a viver, são defrontadas com doenças crônicas ou degenerativas que exigem delas uma garra, disposição e resistência poucas vezes vistas mesmo em adultos acostumados aos reveses do dia a dia. Assim, já relatamos histórias de João Miguel, Luana, João Marcos e tantas outras, com suas lutas e necessidade de solidariedade.

Hoje falamos de mais uma pequena personagem da vida real que precisa urgentemente da nossa ajuda. Logo ao nascer, quando fez o teste do pezinho, Júlia de Souza Clemente, teve confirmado o diagnóstico de doença falciforme, uma moléstia genética que afeta o sangue. Desde então, ela faz tratamento constante no Hemominas, em Belo Horizonte e é tratada com medicamentos para evitar complicações decorrentes da doença. Apesar de todos os cuidados de que Júlia é cercada, o quadro se agravou nos últimos dias: acometida de infecção pulmonar, Júlia sofreu uma baixa de hemoglobina e necessita constantemente de transfusão sanguínea.

Doação

Os familiares apelam a quem puder que faça com urgência a doação de sangue em nome de Júlia Clemente de Souza. O doador pode ir ao hospital Mater Dei, em Belo Horizonte ou entrar em contato com a instituição para agendar o comparecimento. O telefone é (31)3335-6600. O hospital aceita a doação de sangue de todos os tipos.

Na próxima segunda-feira, 11/03, uma van sairá de Conselheiro Lafaiete transportando até Belo Horizonte doadores de sangue para repor o utilizado por Júlia.  A saída está prevista para às 8h, da rodoviária, no centro da cidade. Estão sendo disponibilizados 19 lugares para doadores de qualquer tipo sanguíneo.

Quem quiser colaborar e estiver disponível para fazer a doação de sangue deve entrar em contato com Vinícius pelo telefone: (31) 9 8528-8908.

Fato Real