Fato Real
Gerais Política

Fim de concessão da Viação Presidente movimenta bastidores políticos

Nesta quarta-feira 10/03 a Prefeitura de Conselheiro Lafaiete notificou a Viação Presidente sobre a não renovação da concessão e encerramento do contrato do transporte público municipal. Após o anúncio, ex-candidatos a prefeito (a) e movimentos comentaram sobre a decisão. Eles estão e realizando uma série de ações conjuntas entre movimentos/coletivos e ex-candidatos nas redes sociais, e presencialmente quando possível (por causa do COVID-19). “Participam o Movimento Lafaiete da Gente, além de pessoas que se destacaram através de seus protagonismos, como Enrico Lopes, LafaMob, Neuza Mapa, Aloísio Rezende e outros coletivos de nossa rede. Atuamos em uma frente ampla e unificada”, diz o integrante Talysson Zebral.

Matheus Reis, Neuza Mapa, Talysson Zebral e Enrico Lopes na câmara

Na quinta-feira (04/03) alguns dos os ex-candidatos a prefeito (a) Talysson, Neuza Mapa e Aloísio Rezende, através de seu representante, estiveram na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Conselheiro dialogando com vários vereadores sobre a gravidade da situação do transporte público na cidade.

Em nota conjunta eles afirmam que os problemas da cidade são prioritários e estão na frente dos anseios políticos. “Fomos a sessão não como ex-candidatos, e sim como cidadãos comuns. Queremos o bem para nossa cidade, precisamos de um transporte público de qualidade, bem como um estudo detalhado de origem e destino”, pontuaram.

Aloísio Rezende
Aloísio Rezende

O ex-candidato Aloísio Rezende e atual presidente da Câmara de Dirigente Lojistas (CDL/CL), aponta que o transporte coletivo é um dos assuntos que mais vem recebendo reclamações por parte da população. “O fim da concessão foi um importante passo para solucionar um problema que ‘assombra’ nossa cidade há algum tempo – um transporte público de qualidade. Não podemos permitir que nossa população continue sofrendo com a precariedade dos serviços prestados. O novo passo será acompanhar o processo licitatório. Convido a população para participar e reivindicar seus direitos.”

O ex-candidato a prefeito e coordenador do Movimento Fora Viação Presidente Talysson Zebral, comemora a força das redes sociais nesse processo. “Vencemos uma batalha, mas a luta ainda continua. Só estaremos satisfeitos quando nossa população tiver um transporte digno, de qualidade e que atenda todas as regiões da cidade. Espero transparência no processo licitatório, inclusive mais de uma audiência pública para todos(as) participarem, além de canais virtuais”.

Já a ex-candidata a prefeita Neuza Mapa, afirma estar preocupada com a permanência da precariedade. “De fato foi um passo importante o fim da concessão com a Presidente, agora, precisamos garantir uma postura firme da prefeitura e Câmara Municipal. É preciso fiscalizar, até que seja realizada uma nova concorrência. A população vem sofrendo algum tempo e isso precisa acabar. Quero deixar minha solidariedade a todos colaboradores da empresa que também vem sofrendo atraso nos pagamentos, até recolhimento de tributos”.

O representante do Coletivo LafaMob, Enrico Lopes desabafa em sua fala. “Espero que este processo licitatório seja diferente do primeiro. Nenhuma empresa séria participaria daquela última concorrência. Agora pergunto, será que vamos ter transporte público mesmo com decisão do TJMG? Mesmo sendo um serviço essencial, recentemente tivemos algumas paralisações e agora a tensão aumenta com o fim da concessão. Espero que a Câmara Municipal faça seu papel, fiscalizar”, pontuou.

Fato Real