Fato Real
Coluna Vou Falar - por Aaron Fenix Gerais

Dia das Mães é todo dia

Dia das mães é todo dia porque mãe sabe que todo dia é dia de levar o casaco. É todo dia porque os outros podem tudo, mas você não, porque os outros não são os seus filhos e ela não está nem ai para o que os outros pensam. É todo dia porque mãe adora ouvir o barulho da fechadura quando o filho ou a filha chega.

Dia das mães é todo dia porque mãe tem cheiro de bolo, tem cheiro de banho, tem cheiro de casa limpa. Dia das mães é todo dia porque mãe foge com um filho para o Egito montada em um burrinho. Dia das mães é todo dia porque mãe chora ao pé da cruz. Dia das mães é todo dia porque mãe chora em rebelião, chora se o filho é mocinho e chora se ele é bandido.

Dia das mães é todo dia porque mãe é remédio, é médica, é psicóloga, é enfermeira, é cozinheira, mil e uma funções. Dia das mães é todo dia porque mãe tem pressentimento, tem sexto, sétimo, oitavo, nono e décimo sentido.

Dia das mães é todo dia porque mãe espera o carteiro, espera a campainha tocar, espera o resultado do vestibular, espera o telefonema, espera o email, espera o o zap, espera o abraço. Mãe espera. Mãe sempre espera!

Dia das mães é todo dia porque toda mãe é assim. É todo dia porque colo de mãe é especial. É todo dia, porque o que seríamos de nós se elas não fossem tão mães…E mãe é todo dia, é sempre e muito mais!
Feliz dia das Mães para todas as mães de Lafaiete, do Brasil e do mundo!

Tô Sabendo e Vou Falar!
*(Compilação de textos originais de autoria de Isabella Sales e de Paulo Briguet)

Fato Real