Fato Real
Gerais

Covid: vacinação de profissionais da Educação continua nessa semana em Congonhas

Nesta segunda-feira (14/06) e na terça-feira (15), continua o processo de aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 em professores e profissionais de educação em Congonhas. A vacinação acontece no Ginásio Poliesportivo Monteirão de 8h às 16h.

A previsão da Central de Imunização é que até esta terça-feira todos os profissionais da educação que atuam em Congonhas recebam a primeira dose do imunizante.

Arte com a programação da segunda-feira
Arte com a programação da segunda-feira
Arte com a programação da terça-feira
Arte com a programação da terça-feira

Documentação necessária

Para a imunização serão exigidos os seguintes documentos (original e cópia):

  • Comprovante de vínculo empregatício (contracheque do último mês, carteira de trabalho ou contrato de trabalho)
  • Documento de identificação com foto 
  • Cartão de vacinas.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que segue todas as orientações do Plano Nacional de Imunização do Governo Federal e as diretrizes da Secretaria de Estado da Saúde que estabelece os grupos prioritários e a destinação das doses em cada lote de vacinas.

Quem tiver alguma dúvida deve entrar em contato com a Central de Imunização nos telefones 3732-1070 / 3731-6688 (RAMAL 1740) ou ainda com a Coordenação de PSF no telefone 3731- 3651.

Pessoas que, porventura, não puderem se vacinar nos dias estabelecidos, poderão ser imunizadas na sexta-feira, dia 18 de junho, na Central de Vacinas da UPA no horário de 13h às 16h.

Vacina solidária

Segue junto aos pontos de vacinação contra a Covid-19 no município, a campanha “Vacina Solidária”, coordenada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (SEDAS). A ação visa arrecadar alimentos não perecíveis, com o apoio voluntário da comunidade.

Quem puder, é convidado a doar 1 kg de alimento não perecível no momento da vacinação que serão destinados às famílias de baixa renda impactadas pela pandemia. A doação não é obrigatória para receber a vacina.

Fonte e foto: Prefeitura Municipal de Congonhas.

Fato Real