Fato Real
Gerais

Congonhas receberá apresentação de clássico do Chaplin com orquestra ao vivo

A Orquestra Ouro Preto apresenta “O Garoto”, uma homenagem a Chaplin, nestas sábado (06/08), às 20h, no Centro Cultural da Romaria, em Congonhas, com entrada franca.

 Sucesso de público e crítica, o espetáculo tem emocionado as plateias das cidades por onde passa, levando famílias inteiras a mergulhar no universo de Carlitos, unindo música e cinema com a exibição do filme e a execução ao vivo da trilha sonora.

 “Um filme com uma lágrima e, talvez, um sorriso”. É assim que Chaplin define “O Garoto”, o primeiro longa-metragem daquele que se tornaria o rei do cinema mudo. Mais atual do que nunca, a obra completou 100 anos em 2021. Inspirado na própria infância de seu criador, o filme comove o público há gerações, justamente por abordar questões universais e ainda não superadas, como a desigualdade social, o abandono das crianças menos favorecidas e os tabus enfrentados pelas mulheres quando se tornam mães solteiras.

Apresentação com músicos dá novo tom para filme clássico. Foto: Íris Zanetti
Apresentação com músicos dá novo tom para filme clássico. Foto: Íris Zanetti

Em “O Garoto”, Carlitos conta a história de um vagabundo que, num dia comum, se depara com um bebê abandonado pela mãe solteira. Ele cuida e ama o pequeno órfão até que, cinco anos depois, a mãe aparece para resgatar a criança. Uma obra comovente, que promete trazer um clima de emoção e nostalgia para o público de Congonhas, relembrando os tempos áureos do cinema mudo.

 A ousadia fica por conta da execução ao vivo, que demanda uma sincronia perfeita entre música e imagem, desafiando ainda mais os músicos da orquestra e comprovando o compromisso com a excelência e a versatilidade. 

 

Fato Real